fbpx

BP Bunge Bioenergia doa à Prefeitura de Santa Juliana itens para combate à Covid-19

Para contribuir nos esforços de combate à pandemia da Covid-19, a BP Bunge Bioenergia em Santa Juliana, está doando 3.000 máscaras descartáveis, 1.400 litros de água sanitária e mais 200 litros de álcool 70% à Prefeitura do Município de Santa Juliana.

A entrega dos itens doados foi realizada pelos representantes da usina na quarta-feira, 17 de junho, na sede da administração municipal, ao prefeito Belchior Antônio da Silva e ao secretário de Saúde, Gaspar Modesta da Silva, que serão responsáveis pela sua distribuição, de acordo com as necessidades do Município.

“Esta é uma contribuição da nossa empresa para que o município esteja ainda mais bem preparado no combate ao Covid-19”, disse Daniel Lobo, superintendente do Cluster Centro da BP Bunge Bioenergia, que engloba a usina Santa Juliana. Toda semana são realizadas doações de  álcool 70% à prefeitura local e também a outros sete municípios da região: Araxá, Conquista, Igarapava, Pedrinópolis, Perdizes, Sacramento e Uberaba.

Com operações industriais e agrícolas distribuídas em 5 estados, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins, a BP Bunge Bioenergia já adotou um conjunto de medidas de enfrentamento ao coronavírus, reafirmando seu compromisso com a segurança e saúde dos profissionais, suas famílias e a população.

Atuando com orientação dos seus especialistas em saúde e segurança, alinhados às orientações do Ministério da Saúde, a Empresa fez adaptações em sua operação, tendo reorganizado o acesso, permanência e fluxo de circulação dos profissionais em suas dependências e áreas de operações e feito o deslocamento dos trabalhadores de áreas de suporte para teletrabalho.

A rotina dos 10 mil trabalhadores em suas 11 unidades foi reorganizada com novos procedimentos. Foram canceladas viagens aéreas e terrestres, reuniões, treinamentos presenciais, eventos e visitas. Os colaboradores adotaram novos hábitos, como o uso de máscara e o distanciamento social de 2 metros uma pessoa da outra. além de serem orientados a evitarem a aglomeração de pessoas, com espaçamento em refeitórios, ônibus e áreas de descanso. Profissionais com mais de 60 anos, gestantes e pessoas com doenças crônicas foram afastadas do trabalho, bem como as pessoas com sintomas gripais leves são afastadas para monitoramento até que faça o diagnóstico de resfriado comum.

A empresa adotou protocolos ainda mais rígidos de higienização em suas dependências, frotas de operação e transporte, além de equipamentos com água sanitária e álcool 70%, antisséptico, para desinfecção de superfícies, produzido internamente e distribuiu álcool gel em diversos pontos.

A empresa disponibilizou para os colaboradores contato direto com a área de saúde para esclarecimento de dúvidas ou notificação de sintomas gripais leves e também vem realizando uma intensa campanha de conscientização e orientações para prevenção e vigilância do coronavírus.