fbpx

Agência americana confirma benefícios do etanol

0
2 de junho de 2005

A decisão da EPA, agência de energia norte-americana, em 02/06, de recusar o pedido de licença especial dos estados da Califórnia, Nova York e Connecticut para evitar a implementação do Clear Air Act, que inclui a substituição do MTBE como oxigenante da gasolina por etanol, contou com estudos que comprovam o benefício ambiental trazido pela mistura em questão, afirmou a Renewable Fuels Association, associação que reúne os produtores norte-americanos de biocombustíveis.


Na Califórnia, o MTBE foi completamente substituído pelo etanol em janeiro de 2004, e, de acordo com pesquisa da California Air Resources Board (Carb), no ano passado, houve redução da emissão de gás ozônio, também influenciada por condições climáticas mais favoráveis. Em Nova York e Connecticut, o número de dias que superaram o padrão de 8 horas de gás ozônio caiu de 23 em 2003 para 2 em 2004.


Além disso, a Comissão de Energia da Califórnia (CEC) concluiu que a troca de MTBE por etanol não elevou o preço da gasolina – posteriormente, dados da CEC mostraram que o custo no atacado do etanol na Califórnia está abaixo de 90 centavos de dólar o galão, enquanto o da gasolina está acima de US$ 1,60 o galão e o da agregação de corrente de hidrocarbonetos de alta octanagem na gasolina, em substituição ao etanol, está acima de US$ 1,80 o galão.