fbpx

Americanos assinam petição virtual em apoio ao etanol de cana

20 de setembro de 2010

Em menos de duas semanas, quase 9.000 pessoas, ou cerca de 1.000 por dia, assinaram uma petição online que pede a reformulação da política de subsídios, tarifas e importações de etanol adotada pelos Estados Unidos. Mensagens de apoio à petição, lançada no início de setembro pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), estão sendo enviadas através do site “Change.org”, importante fórum de debate sobre temas variados que também oferece aos usuários uma forma de cobrar atitudes de seus representantes eleitos.

Quem adere à petição apoia o fim da tarifa de US$0,54 por galão (3,17 litros) imposta pelos Estados Unidos ao etanol importado e dos pesados subsídios concedidos a empresas que fazem a mistura do etanol à gasolina naquele país. Os subsídios do governo dos EUA ao etanol tem um custo anual estimado em US$6 bilhões.

Na petição, a UNICA argumenta que o cidadão americano poderia economizar ao abastecer seu carro se o etanol de cana pudesse competir em igualdade de condições no mercado. A entrada do etanol de cana também reduziria a dependência dos Estados Unidos do petróleo importado, além de beneficiar o meio ambiente.

De acordo com o Escritório de Orçamento do Congresso (CBO, na sigla em inglês), a indústria americana do etanol pode manter-se economicamente sem subsídios. As mensagens enviadas ao site, favoráveis à petição, aprovam a ideia de que o Congresso deveria eliminar os subsídios e tarifas, pois os mesmos impedem a diversificação das fontes de energia disponíveis no mercado americano.

De acordo com o representante-chefe da UNICA na América do Norte, Joel Velasco, trabalhar com fóruns populares como o “Change.org” permite o engajamento direto do público americano com a questão. “Nossa associação com o ´Change.org´ é eficiente para o envio de uma forte mensagem ao Congresso, de que os americanos reconhecem a importância de fontes de energia limpas e renováveis como o etanol de cana. E estão cansados do fato de seus impostos serem usados para manter opções como essa fora de seu alcance,” afirmou.

O “Change.org” dá acesso a uma plataforma de petição para mais de mil organizações sem fins lucrativos, além do público em geral. O Meio Ambiente é uma das principais áreas expostas com destaque pelo website.

Semanalmente, milhares de pessoas acessam o “Change.org” para oferecer apoio, através de petições online, para iniciativas que englobam da redução do aquecimento global ao incentivo ao uso de combustíveis alternativos e à defesa de políticas mais eficazes no que diz respeito às mudanças climáticas.