COVID-19: Protocolo de sanidade norteia medidas preventivas do setor

As atividades do setor sucroenergético foram consideradas essenciais pelas autoridades e não poderão parar durante a pandemia, conforme Decreto 10282/2020 do Governo Federal, Decreto 64.879/2020 do Governo do Estado de São Paulo e Portaria Nº 116 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Contudo, a saúde dos colaboradores e de seus familiares vêm em primeiro lugar. Para garantir a segurança do ambiente de trabalho, todas as unidades produtivas associadas à União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e ao Sindicato da Indústria do Açúcar e ao Sindicato da Indústria da Fabricação do Álcool no Estado de São Paulo adotaram medidas rígidas de assepsia e controle.

A médica infectologista Dra. Vívian Avelino-Silva, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, elaborou um protocolo com todas as ações necessárias para manter a sanidade dos ambientes compartilhados. “As recomendações foram feitas com base nos conhecimentos científicos que temos até o momento sobre o vírus da COVID-19. Buscamos priorizar a segurança e a saúde dos funcionários em todas as medidas”, explica a especialista.

“No momento em que uma parte da população deve ficar em suas casas, nós cumpriremos a nossa missão e faremos isso com toda responsabilidade, atendendo as recomendações previstas neste protocolo. Contribuiremos, assim, com a saúde de cada um dos nossos colaboradores, dos seus familiares e, indiretamente, com a população que depende dos nossos produtos”, avalia Evandro Gussi, presidente da UNICA.

O documento estabelece parâmetros de conduta para diversos ambientes das unidades produtivas, incluindo refeitórios, meios de transporte, portaria, indústria, escritório, lavoura e ambulatório médico. “As medidas preventivas vêm sendo adotadas pelas empresas desde fevereiro e agora ganham uma orientação para padronização, quando possível, com esse protocolo conjunto e endossado pelos sindicatos patronais do álcool e do açúcar”, explica Elimara Sallum, consultoria para assuntos sindicais e trabalhistas da UNICA.

Entre as ações adotadas pelas empresas associadas estão disponibilização de álcool em gel; reforço das ações de higienização de ambientes compartilhados; restrição da entrada de visitantes; cancelamento de viagens, reuniões e eventos; manutenção de um distanciamento de segurança entre colaboradores em todos os momentos; teletrabalho (home office) para funções que possibilitam a modalidade, entre outras.