fbpx

É a vez da energia renovável

0
29 de setembro de 2005

O seminário “Metodologia de estimativa e acompanhamento da safra de cana-de-açúcar: a experiência da região centro-sul do Brasil”, realizado na última quinta-feira em Piracicaba (29/09) com o patrocínio da Coimex,Coinbra,ED&F Man,Glencore e S&D Brasil,  mostrou o trabalho conjunto da Unica com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) e Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) para criar uma estimativa de safra de cana-de-açúcar que reduza a especulação em torno dos dados e se transforme em uma ferramenta de administração de produção e comercialização da agroindústria.

Segundo o presidente da Unica, Eduardo Pereira de Carvalho, a estimativa precisa da safra de cana ganha importância no momento em vemos o início do fim da era do petróleo, resultante do aumento da demanda sobre a oferta mundial, embalado pelo crescimento econômico de países emergentes como China e Índia.

“É uma brutal oportunidade para nós diante da demanda crescente de energia e o setor sucroalcooleiro brasileiro está preparado para a liderança do setor de açúcar e álcool do mundo.” Carvalho salientou, no entanto, que não há interesse em sermos a Arábia Saudita do etanol, afirmando que só haverá um mercado mundial para o produto se a oferta for generalizada.” Para o presidente da Unica, nesse quadro a informação passar a ser um instrumento estratégico, de gestão.