fbpx

Stand do Projeto AGORA terá carro da Fórmula movido a etanol

30 de agosto de 2010

Um carro de corrida com 160 cavalos de potência, capaz de atingir uma velocidade final acima de 200km/h e abastecido com etanol da marca Shell V Power, será uma das atrações do stand do Projeto AGORA na XVIII Feira Internacional da Indústria Sucroalcooleira e a VIII Feira de Negócios e Tecnologia da Agricultura da Cana-de-Açúcar (Fenasucro&Agrocana). A Feira, uma das mais importantes do setor sucroenergético, ocorre entre os dias 31 de agosto e 3 de setembro, em Sertãozinho (SP).

“A idéia é mostrar de uma forma interativa que a velocidade pode estar conectada com menos emissões. E o automobilismo é maneira perfeita de agregar estes valores, revelar ao público que quando se comprar um carro flex usa-se a mais moderna tecnologia das pistas de corrida,” afirma Leandro Pampin, gerente de Marketing da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA)

O executivo lembra que é cada vez maior o número de categorias e modalidades de competições que utilizam o etanol. A Fórmula Indy usa o combustível desde 2007; no inicio de 2010 a principal categoria nacional, a Stock Car, optou pelo etanol, assim como o Rally Dakar, que inaugurou uma categoria específica.

O etanol, que reduz em até 90% os gases causados do efeito estufa quando comparados à gasolina, foi também a opção dos 22 jovens talentos que competem na Fórmula Future Fiat, categoria idealizada e apadrinhada pelo piloto Felipe Massa. Ao utilizar carros franceses zero quilômetros, equipados com motores FPT Powertrain Technologies, a categoria proporciona aos pilotos um carro com o que há de mais moderno.

Municípios Canavieiros e TOP Etanol

Além do carro, quem visitar o espaço do Projeto AGORA terá informações sobre todo o trabalho desenvolvido e outros programados pela maior iniciativa de comunicação e marketing da cadeia produtiva da cana-de-açúcar no Brasil e no mundo. Dentre as ações futuras, destaque para o Estudo de Municípios Canavieiros e o segundo Prêmio TOP Etanol.

Nayana Rizzo, assessora de Relações Institucionais da UNICA e coordenadora do Projeto AGORA, explica as novidades à frente e em curso. “Estamos a pleno vapor com as oficinas dos Estudos dos Municípios Canavieiros, uma iniciativa na qual os estudantes do ensino médio e fundamental podem ter de fato uma noção do que representa a indústria da cana na sua comunidade,” afirma.

Ela informa ainda que na segunda edição do Prêmio TOP Etanol haverá a inclusão da categoria “Inovação Tecnológica” além das já existentes (Jornalismo, Fotografia, Trabalhos Acadêmicos e Personalidades). “Em Inovação Tecnológica premiaremos a melhor solução da indústria automotiva para a tecnologia Flex,” explica.