fbpx

Fontes renováveis na COP21 são destaque em plenária do Summit 2015

2 de julho de 2015

As energias renováveis seguem cada vez mais necessárias para o desenvolvimento sustentável e para a eficiente gestão energética em vários países do mundo.

Basta observar o crescimento dos investimentos globais nestas fontes em 2014, que foi 17% maior que o registrado no ano anterior. O desenvolvimento da indústria de energia renovável e o consequente barateamento dos recursos sustentáveis serão pontos essenciais para que os países cumpram as metas de diminuição de emissões de gases de efeito estufa a serem estabelecidas na 21ª Conferência das Nações Unidas sobre o Clima (COP21), que acontece em Paris, no mês de dezembro.

Destaque na COP21, o tema também será discutido na segunda plenária do Ethanol Summit 2015, que acontece às 17h00 da próxima segunda-feira (06/07).

Intitulado “As energias renováveis como protagonistas na COP 21” o painel do Summit contará com a participação de especialistas renomados, como o secretário Executivo e Ministro Interino do Meio Ambiente, Francisco Gaetani; a diretora para o Brasil da WRI – World Resources Institute / Coalizão Brasil, Rachel Biderman; o gerente geral do Agroícone, Rodrigo Lima; o conselheiro da Adecoagro, Marcelo Vieira e o membro do Comitê de Sustentabilidade do Conselho da Fibria, Carlos Alberto de Oliveira Roxo.

Com quase metade da sua matriz energética vinda de fontes renováveis de energia, com destaque para o programa envolvendo a produção de álcool combustível a partir da cana-de-açúcar, o Brasil demonstrará a sua experiência nas discussões sobre a matriz energética sustentável na COP21. Recentemente, o País firmou com os Estados Unidos um acordo bilateral de clima, que deve fortalecer o setor de biocombustíveis, especialmente o etanol e a biomassa sucroenergética. Sinalizando com clareza à comunidade internacional que governos, empresas e sociedade civil estão decididos a enfrentar o desafio climático.

A quinta edição do Ethanol Summit, evento lançado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) em 2007 e realizado a cada dois anos, reúne empresários, autoridades de diversos níveis governamentais, pesquisadores, investidores, fornecedores e acadêmicos do Brasil e do exterior. São esperados cerca de 1.500 participantes para acompanhar quase uma centena de palestras, apresentações, discussões e debates que vão acontecer em grandes plenárias, painéis temáticos e cerimônias de abertura e encerramento, além de eventos paralelos.

Para mais informações sobre a programação do Ethanol Summit 2015, acesse o site, clique aqui

A edição 2015 do Ethanol Summit tem o patrocínio da Syngenta – importante organização mundial que investe em tecnologia para o desenvolvimento de uma produção agrícola sustentável – e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo e, hoje, o principal instrumento do Governo Federal para o financiamento de longo prazo e investimento em todos os segmentos da economia brasileira.

O evento também conta com o apoio das empresas: BASF, Clariant, FMC, Novozymes e do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom).