fbpx

Homenagem a produtor rural conquista carnaval no RJ

15 de fevereiro de 2013

Um enredo envolvente exaltando o agricultor brasileiro e alegorias com personagens típicos do campo foram os ingredientes que fizeram da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel a campeã de 2013 na Marquês de Sapucaí. O terceiro título da agremiação no Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro veio com apoio da Basf, uma das principais multinacionais com fortes ligações à agricultura e parceira fundadora do Projeto AGORA.

Última a desfilar na manhã da terça-feira (12/02), a Vila Isabel empolgou as arquibancadas com o tema “A Vila canta o Brasil celeiro do mundo – água no feijão que chegou mais um”. Gafanhotos representando as pragas agrícolas, baianas vestidas de joaninhas e ritmistas trajados como espantalhos ajudaram a compor o desfile que a Vila levou para a Avenida.

A apresentação contou ainda com a terra do produtor, no carro abre-alas “O planeta Terra e o Sol”. Em outra alegoria, o tatu simbolizou as dificuldades que o agricultor enfrenta com a variação climática, como as inundações e a seca. A fauna e a flora campestre mostraram a renovação da vida e a variedade do campo.

Segundo Maurício Russomano, vice-presidente da Unidade de Proteção de Cultivos da Basf, apesar do apoio da empresa, a criatividade e a forma inteligente como o tema foi retratado na Marquês é de responsabilidade da Vila Isabel. “Tivemos todo o cuidado em auxiliar a Escola na busca por informações sobre a realidade do agricultor e, também, facilitando o contato entre eles e os pesquisadores da Vila. Sabemos que as ações de valorização do agricultor não podem e não vão parar por aqui, porém estamos extremamente satisfeitos com o resultado,” disse.

Para o executivo da Basf, ações como esta destacam a atividade agrícola no País: “As pessoas que acompanharam o desfile pela televisão puderam comprovar a importância do setor e dos próprios agricultores. Isso valeu todo o nosso esforço.”

Parceira do Projeto AGORA desde sua criação em 2009, a BASF é uma empresa química com presença e atuação mundiais. Seu portfólio oferece desde produtos químicos, plásticos, artigos para agricultura e para a indústria de petróleo e gás. Para os agricultores, a multinacional oferece produtos para melhorar a rentabilidade e a qualidade das colheitas.

Parceiros do AGORA parabenizam a Basf

O presidente da Organização dos Plantadores de Cana-de-Açúcar da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), Ismael Perina, considerou importante a iniciativa da Basf por levar ao grande público, em forma de folia, o dia-a-dia da cultura rural.

“Poder viver a emoção de assistir ao desfile da Vila Isabel e a consagração como campeã, trazendo no seu canto e alas a homenagem ao agricultor, é algo muito gratificante. A Basf está de parabéns pela brilhante iniciativa e nós produtores agradecemos o reconhecimento,” destaca.

Já a gerente de Comunicação da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG), Mônica Santos, identificou na junção do agro com a folia uma combinação positiva: Sem dúvida, um casamento perfeito entre o tema, a beleza cênica e o samba! Parabéns à Basf, à Vila Isabel e à sabedoria do homem e do agricultor.”

Para o secretário Executivo Interino da SIAMIG, Mário Campos, a sociedade brasileira tornou-se urbana numa velocidade muito grande e em alguns momentos, ela se esquece de todos os produtos e serviços que tem origem na agricultura.

“O crescimento das cidades muitas vezes se sobrepõe às zona agrícolas, o que traz como consequência um baixo nível de conhecimento sobre a riqueza que há no campo e o que ele produz. Por isso, felicito a Basf e a Vila Isabel pelo oportunismo e a beleza do desfile e do enredo. Não poderia dar outro resultado,” afirma.

Por sua vez, o presidente da Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná (ALCOPAR), Miguel Rubens Tranin, classificou como merecedora a vitória da Escola: “A façanha da Vila Isabel é muito merecida porque, além da forma talentosa e vibrante como se apresentou na Marquês de Sapucaí, abordou um tema em que faz um justo reconhecimento ao agronegócio, um dos setores que mais contribuem para a prosperidade do País. A Escola deu visibilidade ao campo e o homenageou com uma consagradora vitoria.”

Já o diretor de Comunicação Corporativa da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), ressalta que ações como essas engrandecem não apenas um setor, mas todo o agronegócio. “Carnaval é uma festa popular de grande extensão e nada mais gratificante do que ver na Sapucaí o trabalho do agricultor brasileiro, que compete com o mundo e é vencedor, recebendo o devido reconhecimento. Parabéns à Vila Isabel e à Basf pela iniciativa,” conclui.