fbpx

Instalação da Amyris BR reforça amplitude de negócios da cana

9 de maio de 2011

A nova unidade industrial no Brasil da empresa americana Amyris Biotechnologies, a primeira em escala comercial a fabricar produtos químicos a partir da cana-de-açúcar, representa o início da participação do setor sucroenergético em uma infinidade de negócios ainda inexplorados no País. A avaliação é do consultor de emissões e tecnologia da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Alfred Szwarc, ao comentar a nova planta da Amyris em Piracicaba, no interior de São Paulo, inaugurada no dia 29 de abril.

“A iniciativa da Amyris, de antecipar a produção do farneseno (matéria-prima derivada da cana) em uma indústria estabelecida no Brasil, representa o  reconhecimento de grupos estrangeiros de que há oportunidades de negócios no País. Isso só beneficia o setor sucroenergético, que passará a atuar em mais uma vertente e poderá expandir o mercado de biocombustíveis,” avalia Szwarc.

Diferente do tradicional processo de fermentação do caldo de cana, cujo resultado final é o etanol, a tecnologia desenvolvida pela Amyris possibilita a transformação deste mesmo caldo por meio de microorganismos geneticamente modificados, que resulta no farneseno. Luiz Fernando do Amaral, gerente de sustentabilidade da UNICA, que esteve presente na inauguração da nova planta industrial da Amyris, destaca que “a produção do farneseno abre uma nova gama produtos para a cana: o diesel, o combustível de aviação, os lubrificantes, solventes e cosméticos.”

Joint venture

Em 2010, a Amyris anunciou uma joint venture com o Grupo São Martinho, de Pradópolis, interior de São Paulo, para produção de farneseno. Com fornecimento anual previsto de um milhão de toneladas de cana para o novo empreendimento, a São Martinho será a primeira usina no mundo a produzir produtos químicos a partir de cana em larga escala.

A parceria entra em operação em 2012, o que tornou necessária a inauguração antecipada de uma fábrica para iniciar a produção. A unidade em Piracicaba da Amyris dividirá a principio espaço físico com uma outra fábrica, a Biomin do Brasil Nutrição Animal. Segundo o presidente da Amyris do Brasil, Paulo Diniz, foram investidos R$ 25 milhões na nova unidade. “Decidimos montar a operação com a Biomin para colocar o produto logo no mercado,” disse Diniz.

Ethanol Summit

A Amyris Biotechnologies é uma das empresas que patrocina o Ethanol Summit 2011, um dos principais eventos do mundo dedicados às fontes energéticas renováveis. O evento é promovido a cada dois anos pela UNICA e a edição deste ano acontece no Grand Hyatt Hotel de São Paulo nos dias 6 e 7 de junho.

Este ano, o tema central do evento será a busca por soluções para a economia de baixo carbono. São esperados mais de 1000 participantes, 120 palestrantes de todos os continentes e 400 jornalistas credenciados, para acompanhar os 15 painéis, quatro grandes plenárias e duas cerimônias, além de encontros paralelos.