fbpx

Labirinto Canavial faz sucesso no Experiment Motors em Goiânia

23 de agosto de 2011

Labirinto Canavial, ferramenta interativa criada pelo Projeto AGORA para disseminar informações sobre a cadeia produtiva da cana-de-açúcar, transformou o estande do AGORA em um dos mais visitados da terceira edição do Experiment Motors, evento realizado de 19 a 21 de agosto no Autódromo Internacional de Goiânia (GO). O evento, voltado para novos lançamentos do setor automotivo, atraiu mais de 30 mil visitantes.

“Foi mais uma oportunidade que a cadeia sucroenergética teve de se comunicar diretamente com o consumidor, informando de maneira clara sobre a realidade da produção de etanol, açúcar e bioeletricidade,” afirma Mirian Tomé, consultora de comunicação e marketing do Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool do Estado de Goiás (Sifaeg), uma das 11 entidades e oito empresas que integram o AGORA. Ela conta que o interesse demonstrado pelo Labirinto Canavial foi muito grande e a maioria dos participantes alcançou bons resultados.

O Labirinto Canavial contém 100 perguntas sobre a produção e a utilização de etanol. Cada usuário tem a oportunidade de responder cinco perguntas, selecionadas aleatoriamente, em uma tela tipo “touch screen,” sensível ao toque. As respostas estão em uma cartilha distribuída durante o evento para leitura antes de participar, e também em vídeos e outros materiais informativos disponíveis no estande do Projeto AGORA.

Em sua versão original, criada para o Salão Internacional do Automóvel de 2010 em São Paulo, o Labirinto funcionou com 10 telas e atraiu mais de 10 mil usuários ao estande do Projeto AGORA. O participante que completou cinco respostas no menor tempo ganhou um carro flex de sua escolha. Em Goiânia, todos os participantes que completaram as cinco respostas receberam chaveiros e buttons.

O Projeto AGORA é a maior iniciativas de comunicação e marketing dedicada à cadeia produtiva da cana-de-açúcar, e um dos maiores projetos do gênero do agronegócio brasileiro. O estande do AGORA também realizou uma degustação de garapa, rapadura e outros produtos derivados da cana-de-açúcar.