fbpx

Projeto AGORA: jurados definem vencedores do TOP etanol

22 de abril de 2010

undefinedA comissão julgadora da primeira edição do Prêmio TOP ETANOL vai se reunir nos dias 28 e 29 de abril, para selecionar os melhores trabalhos jornalísticos, acadêmicos e fotográficos entre os 220 encaminhados sobre o tema “Agroenergia e Meio Ambiente”.  O corpo de jurados – formado por especialistas na área, pesquisadores e jornalistas – vai selecionar os melhores projetos nas diferentes categorias do prêmio, em encontro a ser realizado na sede da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), em São Paulo.

Para Nayana Rizzo, assessora de relações institucionais da UNICA e coordenadora do TOP ETANOL, que integra o Projeto AGORA, não foi uma tarefa fácil para a comissão fazer a seleção preliminar dos trabalhos. “Foram enviados bons projetos, o que ilustra o elevado grau de interesse e comprometimento dos participantes.  Para nós é bastante relevante observar um leque tão variado de temas, cujo cerne é a agroenergia gerada a partir da cana-de-açúcar.”

Os vencedores da primeira edição do Prêmio TOP ETANOL serão divulgados no início de maio e a cerimônia de premiação será realizada no dia 7 de junho, na casa de eventos Via Funchal, em São Paulo. Além dos trabalhos vencedores também serão reconhecidas lideranças que se destacaram por suas contribuições para o setor sucroenergético brasileiro ao longo de 2009.

Presenças ilustres

Para a cerimônia de premiação foram convidados os principais candidatos à Presidência da República, além de representantes das empresas e sindicatos estaduais do setor sucroenergético nacional, empresas participantes do Projeto AGORA, parceiros e fornecedores da indústria de cana-de-açúcar. Na ocasião, também serão anunciados detalhes sobre a segunda edição do Prêmio TOP ETANOL, que será lançado oficialmente no segundo semestre deste ano e concluído em 2011.

O Projeto AGORA é uma das maiores iniciativas de comunicação integrada já implantadas no Brasil, unindo empresas e entidades que fazem parte da cadeia produtiva da cana-de-açúcar. Além da UNICA, participam do AGORA as empresas Itaú-Unibanco, Monsanto, Basf, Dedini e SEW Eurodrive, os sindicatos estaduais dos produtores de açúcar e etanol de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e a UNICA. Outras três empresas – Amyris, BP e FMC,  que confirmaram presença no segundo ano do Projeto, se integraram ao AGORA a partir do início da safra 2010/2011, no início de abril.