fbpx

AGORA lança nova iniciativa educacional em mais de 2.200 escolas

3 de agosto de 2010

Começa a ser implementada esta semana uma nova iniciativa educacional, dirigida a mais de 2.200 escolas públicas em 100 municípios de seis estados brasileiros. Trata-se do “Estudo Municípios Canavieiros 2010,” que será lançado inicialmente em Campo Grande (MS) como parte do Projeto AGORA, uma das maiores iniciativas de marketing e comunicação já realizadas no agronegócio brasileiro.

A iniciativa tem como objetivo conscientizar alunos dos 7o e 8o anos do ensino fundamental, em escolas estaduais e municipais, sobre os impactos positivos gerados nas comunidades onde a indústria da cana-de-açúcar está presente. Para viabilizar a ação, materiais pedagógicos abordando aspectos culturais, ambientais, econômicos e sociais sobre a cadeia produtiva da cana-de-açúcar foram produzidos especialmente para o Projeto AGORA pela Editora Horizonte, que publica a revista Horizonte Geográfico.

“O Projeto AGORA dá um importante passo com o Estudo Municípios Canavieiros 2010, no sentido de educar e informar com qualidade estudantes que estão próximos da indústria da cana-de-açúcar em seu dia-a-dia. O material didático utiliza o cotidiano para estimular uma visão mais completa sobre a contribuição e a real importância do setor sucroenergético,” avalia Marcos Jank, presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), uma das entidades que compõem o AGORA.

Formação de professores

Segunda iniciativa educacional do Projeto AGORA, o “Estudo Municípios Canavieiros 2010” começa nesta terça-feira (03/08) com uma oficina de formação de professores em Campo Grande, que será repetida em municípios dos estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo. Cada escola participante receberá dois kits contendo material pedagógico, compostos do Caderno do Professor com 52 páginas, um conjunto de oito pôsters e um DVD multimídia com fotos e vídeos. A iniciativa conta ainda com um site de apoio, o www.municipios-canavieiros.com.br, e um jogo educativo, o “Quem é Quem no Mundo da Cana-de-Açúcar,” desenvolvido para consolidar o conteúdo abordado na sala de aula.

Para a assessora de relações institucionais da UNICA e coordenadora do Projeto AGORA, Nayana Rizzo, o grande diferencial da iniciativa é a formação continuada de professores, que receberão 14 horas de orientações presenciais e à distância, incluindo dicas para trabalhos de campo com os alunos. “O site serve de apoio aos professores e permite também a participação de outros interessados, que poderão baixar todos os materiais pedagógicos, inclusive os vídeos interativos,” explica.

A primeira iniciativa de cunho educativo do Projeto AGORA, o “Desafio Mudanças Climáticas,” atingiu 8 estados brasileiros ao longo de 2009, impactando mais de 2 milhões de alunos do 8o e 9o anos em 12 mil escolas estaduais. Ao final do Desafio, mais de 3.500 estudantes submeteram trabalhos manuscritos abordando mudanças climáticas em suas cidades.

O Projeto AGORA tem o apoio das empresas Itaú-Unibanco, Monsanto, Amyris, Basf, BP, Dedini, FMC e SEW Eurodrive, além das entidades ALCOPAR (Associação dos Produtores de Bioenergia no Estado do Paraná); BIOSUL (Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul); SIAMIG (Sindicato da Indústria de Fabricação do Etanol no Estado de Minas Gerais); SIFAEG (Sindicato da Indústria dos Fabricantes de Etanol do Estado de Goiás); SINDALCOOL/MT (Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso); SINDALCOOL/PB (Sindicato da Industria de Fabricação de Álcool do Estado da Paraíba); SINDAÇÚCAR (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco); ORPLANA (Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul); CEISE BR (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroalcooleiro), além da UNICA.