fbpx

Projeto AGORA: MS discute etanol em contexto da saúde e ambiente

25 de novembro de 2009

Os benefícios do etanol ligados à saúde pública e à redução dos efeitos das mudanças climáticas serão foco do seminário “O Setor Sucroenergético e a Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul”, que aconteceu nesta quarta-feira (25/11), no Auditório Júlio Maia da Assembléia Legislativa do estado.

O evento teve como palestrantes os pesquisadores Isaías Macedo, do Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético da Universidade Estadual de Campinas e Paulo Saldiva, professor titular da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Durante o seminário, foram apresentados os principais resultados de seus estudos sobre o uso do etanol na redução das emissões dos gases de efeito estufa, e os efeitos da troca de petróleo por etanol na saúde em metrópoles.

O seminário, organizado pela Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), é parte do Projeto AGORA, iniciativa de comunicação institucional da cadeia sucroenergética, que tem como objetivo divulgar os benefícios das energias renováveis. O Projeto conta com a participação da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), dos sindicatos estaduais dos produtores de açúcar e etanol de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e das empresas Itaú-Unibanco, Monsanto, Basf, Dedini e SEW Eurodrive.

Para o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, o evento é importante já que apresenta as vantagens do uso do etanol para a classe política de cada estado e para a sociedade como um todo. “A coordenação destes seminários entre as entidades estaduais que representam quase toda a produção sucroenergética nacional é reflexo de um momento de maturidade institucional do setor”.

Último seminário de 2009

O seminário em MS faz parte de uma série de eventos que aconteceram nos principais estados produtores e consumidores de biocombustíveis do País. Os eventos realizados nos estados são um desdobramento do seminário “O setor sucroenergético e o Congresso Nacional: construindo uma agenda positiva”, realizado no dia 14 de outubro de 2009, em Brasília.

Já foram feitos encontros em Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. O último seminário deste ano vai acontecer em Goiás no dia 10 de dezembro.