fbpx

Projeto Etanol Verde é selecionado para o Prêmio GreenBest

4 de março de 2011

O esforço de quase quatro anos para ampliar práticas sustentáveis no setor sucroenergético paulista pode ser reconhecido nacionalmente com o GreenBest, um prêmio que elege as melhores iniciativas de diversas áreas e setores que investem na sustentabilidade. Nesta primeira edição do prêmio, que é decidido por meio de votação popular e de um júri especializado, o Programa Etanol Verde, realizado conjuntamente pelas Secretarias da Agricultura e do Meio-Ambiente do Estado de São Paulo, concorre na categoria “Energia”.

Lançado em 2007, o Programa Etanol Verde incentiva a produção sustentável de etanol, respeitando os recursos naturais e controlando os índices de poluição. Ricardo Viegas, gerente do projeto pela Secretaria do Meio Ambiente, vê a possibilidade de reconhecimento como uma grande oportunidade: “Poderemos mostrar amplamente que o setor sucroenergético está produzindo de forma sustentável, particularmente nas questões ambientais, com menor emissão de gases causadores do efeito estufa, protegendo as matas ciliares, conservando o solo e economizando água”.

“Incentivo a todos do setor e fora dele a prestigiarem o trabalho do Etanol Verde, que é sinônimo do Protocolo Agroambiental, no qual há um profundo e sério compromisso das usinas de etanol e açúcar com uma produção ambientalmente correta, com as melhores práticas sustentáveis de que dispomos,” afirma Marcos Jank, presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), que é signatária do Protocolo.

Público e Academia

Nesta primeira edição  do GreenBest foram selecionadas 16 áreas e setores que apresentam uma série de iniciativas ligadas à sustentabilidade. O trabalho de seleção divide-se em três etapas, nas quais há uma votação popular e de um júri oficial apontada pelos organizadores, chamado de Academia GreenBest.

Durante a primeira fase da votação popular, chamada de TOP 10, que vai até o dia 16/03, é preciso entrar no site no site www.greenbest.com.br, clicar na seção TOP10 para conhecer as categorias, os prêmios especiais e seus concorrentes e, em seguida, clicar no botão votar. Será preciso fazer um cadastro para realizar a votação. A Academia GreenBest dará seu voto também até 16/03 e em seguida há uma nova votação popular dos finalistas,  em nova fase chamada de TOP3, que vai de 29/03 até 04/05. A divulgação dos vencedores está prevista para 17 /05.

Protocolo Agroambiental

O Programa Etanol Verde, que motivou a assinatura do Protocolo Agroambiental, tem como objetivo principal desenvolver ações que garantam a expansão sustentável da atividade canavieira no Estado de São Paulo. A assinatura do Programa Etanol ocorreu durante a realização do evento Ethanol Summit, em 2007, com a presença do então governador José Serra, do secretário de Estado de Meio Ambiente, Xico Graziano e do presidente da UNICA.

O Protocolo Agroambiental é um acordo de adesão voluntária que já conta com mais de 90% das usinas paulistas. Entre seus principais objetivos está a antecipação do fim da queima da palha de cana para 2014 em áreas planas e 2017 nas mais inclinadas. Esses prazos antecipam o que está previsto em lei em mais de 10 anos. Graças em grande medida ao Protocolo, o índice de mecanização da lavoura de cana no Estado de São Paulo já ultrapassa a marca dos 60%. O Protocolo prevê ainda a proteção de matas ciliares e a reconstituição de vegetação nativa nas nascentes de rios, além de promover a conservação do solo e a redução no consumo de água no processamento de cana-de-açúcar.