fbpx

Secretários de Energia vão discutir bioeletricidade na Fenasucro

20 de agosto de 2018

Em julho deste ano, as usinas sucroenergéticas entregaram, de forma limpa e sustentável, 3.556 GWh para a rede elétrica nacional, equivalente a 30% do consumo total pelo Estado de São Paulo
A inegável contribuição da bioeletricidade produzida a partir da cana-de-acúcar para o sistema elétrico será explorada em palestras do secretário de Planejamento Energético do Ministério de Minas e Energia, Eduardo Azevedo, e do secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, João Carlos Meirelles durante o 8º Seminário sobre Bioeletricidade, em 22 de agosto, segundo dia da Fenasucro & Agrocana, uma das maiores feiras do setor sucroenergético mundial.

Além da presença de representantes dos governos federal e estadual, o encontro, organizado desde 2010 pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) em parceria com o Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br), terá a participação de renomados executivos de associações ligadas aos setores elétrico e sucroenergético, discutindo o papel dos leilões regulados, do mercado livre de energia, do biogás e do RenovaBio para se estimular o aproveitamento da bioeletricidade na matriz elétrica.

Segundo o gerente em Bioeletricidade da UNICA, Zilmar Souza, que mediará os debates, aproveita-se apenas 15% do potencial técnico da fonte no Brasil: “Considerando a safra canavieira 2017/18, foram gerados 21 TWh para a rede nacional, mas o potencial é de 145 TWh, algo como quase quatro usinas do porte de Belo Monte. Ou seja, existem grandes oportunidades para se aproveitar melhor este recurso, renovável e sustentável, a partir da biomassa já existente nos canaviais”.

No 8º Seminário sobre Bioeletricidade também haverá a entrega do Certificado Energia Verde para a Usina Viralcool Açúcar e Álcool e para o consumidor livre de energia elétrica Copercana, no âmbito do Programa de Certificação da Bioeletricidade, uma iniciativa da UNICA com apoio da CCEE e da ABRACEEL.

Veja, abaixo, a programação completa do evento:

10h30 às 10h40
Abertura – Boas-vindas por parte dos executivos do CEISE-Br e da UNICA

10h40 às 10h45
Entrega Certificado Energia Verde para Consumidor Livre
Convidados: Participantes do Programa de Certificação da Bioeletricidade UNICA/ CCEE/ABRACEEL

10h45 às 11h15
A bioeletricidade na matriz energética brasileira
Convidado: Eduardo Azevedo, secretário de Planejamento Energético do MME

11h15 às 11h45
A importância da bioeletrididade para o Estado de SP
Convidado: João Carlos Meirelles, secretário de Energia e Mineração do Estado de SP

11h45 às 12h15
Perspectivas para a bioeletricidade no Ambiente de Contratação Regulada
Convidado: Newton Duarte, presidente executivo da COGEN

12h15 às 12h30
Debates

12h30 às 14h00
Intervalo

14h00 às 14h30
Oportunidades no mercado livre para a bioeletricidade
Convidado: Bernardo Sicsú, assessor técnico da ABRACEEL

14h30 às 15h00
O RenovaBio e a bioeletricidade
Convidado: Luciano Rodrigues, gerente de Economia e Análise Setorial da UNICA

15h00 às 15h30
Contribuição do biogás/biometano no âmbito do RenovaBio
Convidado: Alessandro Gardemann, presidente executivo da ABIOGÁS

15h30 às 15h45
Debates

15h45 às 16h00
Cerimônia de encerramento

As inscrições, gratuitas, estão disponíveis somente pelo link: https:/bit.ly/2KCFvtm. As vagas são limitadas.