fbpx

Temporada 2010 da Fórmula Indy vai utilizar etanol do Brasil

11 de março de 2010

undefinedA União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) renovou o acordo firmado em 2009 com a Indy Racing League (IRL) e será novamente a fornecedora oficial de combustível durante a temporada 2010 da Fórmula Indy, que começa neste domingo (14/03/2010), em São Paulo. Com o novo acordo, a Indy vai continuar a utilizar o etanol de cana-de-açúcar para abastecer seus carros, inclusive em seu evento principal, as 500 milhas de Indianápolis.

“Estamos satisfeitos em continuar nossa parceria com a Indy, categoria que dá grande exposição para os combustíveis limpos e renováveis desde 2007. Com o etanol de cana-de-açúcar, as corridas terão a vantagem de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 61% em comparação à gasolina, como reconheceu recentemente a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (Environmental Protection Agency, EPA). Além de ser um combustível verde, o índice de octanagem do etanol é superior ao da gasolina, o que melhora o desempenho dos carros de competição,” afirmou o presidente da UNICA, Marcos Jank.

O acordo com a Indy prevê que a UNICA deve cobrir o custo de aproximadamente 200 mil litros de etanol, que serão usados em 2010 pela IndyCar Series, além do diesel renovável para a frota de caminhões que transportam carros, equipamentos e combustível para todas as corridas da temporada. A marca institucional do etanol de cana-de-açúcar (sugarcane ethanol), da UNICA, também será exposta em todos os eventos da Indy, além de outras considerações promocionais.

O etanol de cana-de-açúcar vai abastecer 16 das 17 corridas da Indy na temporada 2010, incluindo as 500 milhas de Indianápolis. A única corrida que não entra no acordo para usar prioritariamente o etanol de cana é a Iowa Corn Indy 250, que tem acordo separado de patrocínio e vai utilizar o etanol de milho produzido nos Estados Unidos.

Para a primeira corrida de 2010, a São Paulo Indy 300, que será realizada em um circuito de rua na região do Sambódromo da cidade de São Paulo, o etanol será fornecido pela Copersucar, uma das associadas da UNICA e uma das principais empresas brasileiras de açúcar, etanol e bionergia, com 36 usinas associadas.

A UNICA se tornou fornecedora oficial de combustíveis da Indy em 2009, quando a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) fechou contrato para se tornar uma das principais patrocinadoras da Fórmula Indy mundialmente. A Apex-Brasil utiliza a Fórmula Indy como canal para promover produtos brasileiros para exportação. Durante a temporada de 2010, a UNICA vai realizar promoções especiais em diversas corridas, em parceria com a Apex-Brasil, para incentivar o uso do etanol de cana-de-açúcar entre os consumidores americanos.