fbpx

UNICA e ANP realizam mais um seminário sobre regulamentação

19 de maio de 2015

Na quinta-feira (14/05), a União da Indústria de Cana-de-açúcar (UNICA) e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) promoveram um workshop específico sobre importantes questões relacionadas à regulamentação da produção e comercialização de etanol no país.

Os procedimentos para obtenção e adequação do laudo de vistoria do Corpo de Bombeiros, as orientações para o preenchimento adequado das informações apresentadas à ANP por meio do Sistema de Informações de Movimentação de Produtos – SIMP e os esclarecimentos quanto aos procedimentos e consequências administrativas em caso de incorreções nos dados, além de questões relacionadas a manutenção de estoque, conceitos de grupos econômicos e até soluções para autuações fizeram parte da programação do seminário.

Além do diretor Técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues, também participaram da mesa os executivos da ANP: Alexandre Camacho – Superintendência de Refino, Processamento de Gás Natural e Produção de Biocombustíveis (SRP), Aurélio Cesar Nogueira Amaral – Superintendente de Abastecimento, Francisco Nelson Castro Neves – coordenador Geral da ANP/SP, Luiz Coelho – assessor da Superintendência de Abastecimento, Luciana Tavares S. de Almeida – especialista em Regulação, Marcela Ganem Flores – representante da Superintendência de Biocombustíveis e Qualidade de Produto e Maria Ines Souza – assessora da Diretoria.

Para o diretor da UNICA, o seminário é uma preciosa oportunidade para que produtores e comercializadores de etanol se aproximem ainda mais da ANP, abrindo um canal de comunicação fundamental com a Agência.

“Quanto mais informações e esclarecimentos as empresas tiverem diretamente da própria ANP, menores serão os riscos durante os procedimentos, minimizando assim as chances de prejuízo, como multas e outras penalidades passíveis. Os agentes da nossa cadeia produtiva possuem muitas particularidades e as resoluções da Agência são bastante complexas e repletas de detalhes, por isso é muito importante conhecer todos os detalhes do sistema e a quem recorrer em caso de dúvidas ” concluiu Padua.

Realizado no auditório da FIESP (SP), o seminário reuniu um público de aproximadamente 170 pessoas, entre elas representantes de grupos empresariais associados a UNICA, de entidades, sindicados e associações ligadas ao Fórum Sucroenergético Nacional e produtores de todo o Brasil.