fbpx

Unica e Feraesp fecham protocolo de intenções

14 de fevereiro de 2006


A Unica e a Feraesp (Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo) firmaram um Protocolo de Intenções para instituir um "Fórum de Discussões" para avaliar e recomendar as melhores práticas relativas à eliminação da terceirização no corte de cana; transporte de trabalhadores rurais; transparência dos sistemas de aferição e pagamento do trabalho por produção (corte de cana); trabalhador migrante.


O documento foi entregue ao Ministério Público do Trabalho (MPT) em audiência pública realizada em 14/02 na USP de Ribeirão Preto (SP). Além do diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, e do presidente da Feraesp, Elio Neves, a audiência contou com a presença de representantes de 28 usinas e de entidades civis ligadas à atividade.


Na ocasião, o procurador Aparício Salomão propôs o fim do pagamento por produção e afirmou que se não houver evolução nas negociações, o MPT entrará com Ação Civil Pública para terminar com esta prática. Esta posição foi rejeitada pelas partes envolvidas na relação capital/trabalho.


?Nós não vamos aceitar imposição, seja lá de quem for. Nem do Ministério Público, nem governamental e nem do setor patronal. É uma questão que nós nos reservamos o direito de discutir com os trabalhadores?, afirmou Elio Neves.