fbpx

UNICA Jovem: futuros executivos refletem sobre principais temas do setor sucroenergético

0
26 de setembro de 2008


Questões envolvendo a logística do etanol, a possibilidade de o setor obter um assento na Agência Nacional de Petróleo (ANP), a expansão do cultivo da cana-de-açúcar na região Centro-Sul do País e os problemas na comercialização do etanol no mercado interno fizeram parte das reflexões do primeiro encontro entre os participantes do Projeto UNICA Jovem. A iniciativa tem como objetivo integrar e desenvolver futuros executivos do setor sucroenergético brasileiro e estreou nesta sexta-feira (26/09/08), no escritório de Ribeirão Preto da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA).




 


 


Futuros empresários reunidos em Ribeirão Preto


“O fórum serve para a troca de experiências, o que é fundamental para trabalharmos unidos no futuro”, destacou Matheus Biagi Carvalho, que atualmente trabalha como gerente de planejamento da área industrial da Usina Pedra Agroindustrial. Já Manoela Balbo, que atua na área ambiental do Grupo controlado por sua família, destacou a importância de as empresas manterem um bom relacionamento, como forma de garantir o crescimento futuro do setor. “O objetivo desta iniciativa é unir o setor, a partir da nova geração”, concluiu.


 


 


 


 


O diretor-técnico da UNICA, Antonio de Pádua Rodrigues, que fez uma palestra abordando as perspectivas para o futuro do setor sucroenergético no Brasil, considera “muito importante que o grupo discuta desde já as questões cruciais para, assim, vencer os desafios que estão por vir”. Em sua apresentação, feita para o grupo de 20 jovens, ele contou a evolução do setor sucroenergético no Brasil, explicando como o País adquiriu mais de 30 anos de experiência na produção e uso de etanol de cana-de-açúcar como combustível. O executivo da UNICA também fez projeções sobre a bioeletricidade, mostrando que, em 2012, as usinas sucroenergéticas poderão atingir potencial equivalente ao de uma Itaipu.


 


 


O diretor técnico da UNICA em apresentação sobre o setor.


Os usos inovadores do etanol como combustível foram outro tema do encontro. Além da utilização em carros leves, o etanol poderá ser utilizado em larga escala e já vem sendo testado por ônibus e caminhões, aviões usados na pulverização das plantações e na confecção de bioplásticos, como o polietileno verde.


A consultora de responsabilidade social coorporativa da UNICA, Iza Barbosa, e a relações institucionais da entidade e coordenadora do projeto, Carolina Costa, também acompanharam o encontro. O grupo se reunirá novamente no dia 17 de outubro para visitar uma das associadas da UNICA.


 


 


 


 


 


Lista de participantes UNICA Jovem


 


Ana Lucia Paro – Andrade

Andrea Figueiredo Biagi – Crystalsev/Santelisa Vale

Antonio Toniello Filho – Viralcool

Baudilio Biagi Neto – Usina Batatais

Bruno Biagi Barros – Pedra Agroindustrial Usina Buriti

Fabio Rezende Barbosa – NovAmérica

Fabio Toniello – Viralcool

Jorge Augusto Atalla – Grupo Atalla

Luciane Del Grande de Castro – NJE Fiesp/Ciesp

Manoela S. Balbo Becker – Silvestre Advocacia e Consultoria Ambiental

Marcelo Biagi – Vertente Guariroba

Mariana S. Balbo Biagi – Banco Votorantim/Grupo Balbo

Matheus Biagi Carvalho – Pedra Agroindustrial S/A

Mauro A. Pinheiro Filho – Paraiso Bioenergia

Natalia A. Pinheiro – Paraiso Bioenergia

Pedro Felipe de Castro Andrade – Usina Pitangueiras

Roberto A Biagi – Grupo Moema/Maubisa

Verônica de Castro Andrade – Usina Pitangueiras

Virginia Lyra – Usina Delta Volta Grande

Walter Biagi Becker – Tropical Bioenergia Santelisa Vale

Clique aqui para ver a apresentação do diretor-técnico da UNICA.