fbpx

UNICA parabeniza nova diretoria da Sociedade Rural Brasileira

20 de fevereiro de 2014

A tradicional competência, aliada a uma juventude atenta ao modelo atual do agronegócio, são os ingredientes marcantes da nova diretoria da Sociedade Rural Brasileira (SRB). Assim a presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Elizabeth Farina, avaliou a recém-eleita diretoria da SRB, que tem na presidência Gustavo Diniz Junqueira.

“Historicamente, a Rural teve grandes profissionais à sua frente, e o novo presidente, assim como os novos integrantes da entidade, segue essa tradição. A nova diretoria deve procurar caminhos inovadores, aprimorando o relacionamento do agronegócio com a sociedade, a imprensa e órgãos públicos,” afirmou.

Administrador de empresas e mestre em finanças, Junqueira, de 42 anos, foi eleito pelo Conselho Superior da SRB para comandá-la no período de 2014 a 2017. Ele sucede Cesário Ramalho da Silva, que presidiu a entidade nos últimos sete anos. “A construção de um projeto claro de nação para o Brasil passa pelo agro,” afirmou Junqueira após tomar posse.

Compõem ainda a nova gestão o diretor das atividades de açúcar e etanol da Adecoagro no Brasil e conselheiro da UNICA, Marcelo Weyland Barbosa Vieira; o produtor rural e advogado especializado em agronegócio e sócio da Bueno, Mesquita e Advogados, Francisco de Godoy Bueno; o CEO da Brasil Agro, Julio Cesar de Toledo Piza Neto; o diretor de assuntos corporativos da Bayer, Christian Lohbauer; o consultor em gestão de projetos para a pecuária de corte, Francisco Custódio Vila; e o diretor da Datragro Consultora, Francisco Guilherme Nastari.

Participam da diretoria da Rural Jovem o estudante de economia e produtor rural João Francisco Adrien Fernandes; o formando em ciências sociais e produtor rural, Bento Abreu Sodré de Carvalho Mineiro; e o assessor político e estudante de direito, Rodrigo Junqueira Castejón.

“Jovens familiarizados com o agro e com grandes intelectos devem acrescentar ousadia e dinamismo a habitual competência da SRB,” concluiu a presidente da UNICA.