fbpx

UNICA realiza evento sobre relações trabalhistas e sindicais

4 de abril de 2016

O atual cenário econômico do país, especialmente o vivido pelas empresas do agronegócio, o andamento das negociações coletivas de trabalho, o status e impactos de ações civis públicas no setor sucroenergético, a Nova Sistemática Recursal Trabalhista e um resumo das boas práticas de segurança e saúde aplicadas na atividade canavieira. Estas foram as pautas do 18° Encontro Estadual de Relações Trabalhistas e Sindicais na Agroindústria Sucroenergética, realizado na segunda quinzena de março (29/03), na cidade de Campinas (SP). O evento foi promovido pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool no Estado de São Paulo (SIFAESP) e Sindicato da Indústria do Açúcar no Estado de São Paulo (SIAESP).

Segundo a consultora para Assuntos Sindicais e Trabalhistas da UNICA, Elimara Aparecida Assad Sallum, o evento reuniu aproximadamente 100 profissionais de mais de 112 usinas sucroenergéticas. “Foi um dia bastante proveitoso, proporcionando aos presentes uma boa oportunidade de reflexão das relações Capital /Trabalho no cenário econômico atual”, ressalta a executiva.

Palestra de Hélio ZylberstajnA abertura do encontro organizado no interior paulista teve como palestrante principal o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP) e pesquisador da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP (FIPE-USP), Hélio Zylberstajn. Considerado um dos maiores especialistas brasileiros no campo da empregabilidade, ele discorreu sobre o tema “Cenário econômico no Brasil e as Negociações Coletivas de Trabalho – A importância do Salariômetro”.

Na esfera jurídica, a executiva da UNICA, Elimara Sallum abordou a questão  “Ações Civis Públicas com impacto Setorial”. Guilherme Theodoro de Carvalho falou sobre a Nova Sistemática Recursal Trabalhista, destacando algumas Súmulas do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região-Campinas, que impactam diretamente as relações de trabalho no setor. Na sequência, Karina Fonseca, Henrique Setta, Fábio Ferrari e Rubens Miranda, todos especialistas na gestão de pessoas, medicina do trabalho e saúde ocupacional das companhias Odebrecht e Raízen, falaram sobre a “Diminuição de absenteísmo – boas práticas empresariais”, tema sucedido pelo painel “Medidas preventivas de acidente no mecanizado – boas práticas empresariais”, apresentado pelo gerente de Segurança e Saúde Ocupacional da Raízen, Marco Antonio Malerba.

Antes do encerramento do evento, o engenheiro de Segurança do Trabalho da UNICA, Paulo Rogério de Araújo, discorreu sobre a estatística de acidentes no setor sucroenergético e sobre os dados estatísticos da fiscalização trabalhista e de Segurança e Saúde no Trabalho do Ministério do Trabalho e da Previdência Social. Finalizou apresentando as atividades de SST da UNICA em 2015 e o planejamento para 2016.