fbpx

Diante dos desafios no combate às mudanças do clima, o etanol se apresenta como uma das rotas tecnológicas para a construção da nova era da mobilidade sustentável, já que é o biocombustível com a menor pegada de carbono do mundo. Hoje, no Brasil, o etanol é produzido tendo como matéria-prima tanto a cana-de-açúcar quanto o milho.

Podendo ser usado puro (etanol hidratado) ou misturado à gasolina (etanol anidro), o uso de etanol contribui de forma significativa para a preservação ambiental e melhoria da qualidade do ar com a redução das emissões de gases que agravam o efeito estufa. Na comparação com a gasolina, o biocombustível emite até 90% CO2.

De 2003, ano do lançamento dos carros flex, a dezembro de 2021, o uso de etanol evitou mais quase 600 milhões de toneladas de CO2 fossem lançadas na atmosfera. Para efeito semelhante na natureza seria cultivar 4 bilhões de árvores pelos próximos 20 anos.

Essa baixa pegada de carbono recolocou a qualidade do ar de São Paulo, a quarta cidade mais populosa do mundo, dentro dos padrões estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além da redução da poluição, a produção de etanol significa preservação ambiental. Com a criação o desenvolvimento de programas, como o RenovaBio – a Política Nacional de Biocombustíveis que estimula a substituição de combustíveis fósseis por renováveis – e prevê em desmatamento zero, o setor sucroenergético cada vez mais em eficiência e sustentabilidade.

Com 48% de participação na matriz de transportes, o etanol é orgulho nacional por sua eficiência energética, sustentabilidade e pela geração de emprego e renda no campo.

TIPOS DE ETANOL
COMBUSTÍVEL

ETANOL HIDRATADO

Esse tipo de combustível leva esse nome porque contém em sua composição até 7,5% de água. É o biocombustível comercializado nas bombas de combustíveis. Na comparação com a gasolina, o etanol hidratado emite até 90% menos CO2. Além dos benefícios ambientais, rodar com etanol melhora a potência e mantém o motor mais limpo e mais próximo do novo durante todo o ciclo de vida.

ETANOL ANIDRO

Etanol puro ou absoluto, o etanol anidro tem apenas 0,7% de água em sua composição. Desde 2015, a legislação brasileira prevê a mistura de 27% na gasolina tipo C. O biocombustível melhora a octanagem da gasolina, reduzindo as emissões de gases poluentes – esse nível de mistura reduz em 15% a emissão de CO2 por quilômetro rodado, reduzindo a poluição e contribuindo no combate as mudanças do clima.

ETANOL 2G

O etanol de segunda geração, ou etanol celulósico, é gerado a partir dos subprodutos da produção de etanol e açúcar (palha e bagaço) e possibilita um incremento da produção do biocombustível, sem aumento da área cultivada.

No processo convencional, apenas um terço da sacarose encontrada na cana, concentrada no caldo e no melaço, é aproveitado. O restante fica retido no bagaço e na palha. Assim, com o desenvolvimento de novas tecnologias tornou-se possível usar essa energia para produzir etanol. O biocombustível resultando desse processo é conhecido como etanol 2G ou celulósico.

Com a ampliação da produção, o etanol celulósico tem potencial de aumentar em até 50% o volume de biocombustível produzido na mesma quantidade de terra.

PROCESSO DE PRODUÇÃO ETANOL 2G
OBSERVATÓRIO DA CANA

Navegue pelo OBSERVATÓRIO DA CANA e tenha acesso aos principais números do setor

SAIBA TUDO SOBRE O
Etanol

Iniciativa global defende RenovaBio para Brasil alcançar metas

Iniciativa global defende RenovaBio para Brasil alcançar metas

Já nos trechos iniciais o documento é incisivo: “O Below50 apoia e defende o avanço do RenovaBio. Com o objetivo de alavancar o setor de biocombustíveis no Brasil, o conjunto de medidas a serem apresentadas pelo governo federal contribui significativamente para o alcance das metas firmadas pelo país no Acordo de Paris

ler mais
Iniciativa global defende RenovaBio para Brasil alcançar metas

Temer recebe manifestos sobre RenovaBio

Documentos em prol do RenovaBio – programa do Governo Federal, lançado pelo Ministério de Minas e Energia, que tem como objetivo expandir a produção de biocombustíveis no Brasil – foram entregues hoje ao presidente da República, Michel Temer, durante almoço da FPA.

ler mais
Iniciativa global defende RenovaBio para Brasil alcançar metas

Governo divulga resolução do CNPE sobre Programa RenovaBio

O Diário Oficial da União (DOU) divulgou na manhã de sexta-feira (30/06) as diretrizes estratégicas do Programa RenovaBio formalizadas no início do mês pelo Conselho Nacional de Políticas Energéticas (CNPE) e que deverão passar por aprovação do Congresso Nacional no segundo semestre deste ano.
MMEMinistro Fernando Coelho explicando a importânc

ler mais